Bahia

Morre, aos 59 anos, a atriz baiana Regina Dourado

A atriz Regina Dourado, de 59 anos, morreu na manhã deste sábado, no Hospital Português, em Salvador. A artista lutava há nove anos contra um câncer de mama e estava internada em estado grave desde o dia 20 de outubro. Regina descobriu um nódulo maligno em um dos seios, no ano de 2003, e durante alguns anos, passou por cirurgias, sessões de quimioterapia e radioterapia. A doença deu uma trégua, voltando apenas em 2010. No último dia 20, a atriz deu entrada no Hospital Português, em Salvador, em estado grave. Dois dias depois, a baiana deixou a UTI e não estava mais se submetendo à quimioterapia.

Trajetória de sucesso

A artista premiada começou a carreira na Companhia Baiana de Comédia, em Salvador, com quinze anos.  Aos 25 fez sua estréia na TV Globo, no especial Quincas Berro D’água, dirigido Walter Avancini e estrelado por Paulo Gracindo. Desde então, Regina atuou em mais de vinte novelas, entre elas Renascer, Explode Coração, Pai Herói, América e Bicho do Mato. Sua última personagem na TV foi Altina, de Caminhos do Coração, na Record. Muitos papeis de destaque também no cinema e no teatro.  Em abril deste ano, Regina interpretou Maria na versão baiana de A Paixão de Cristo, dirigida pelo seu irmão, Paulo Dourado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo