Cidades

Moro manda PF investigar filme com personagem sequestrada que seria sua filha

O ministro da Justiça, Sergio Moro, determinou que a Polícia Federal investigue os responsáveis pelo curta-metragem “Operação Lula Livre”, em que uma personagem que seria sua filha é vítima de sequestro. Para Moro, os roteiristas e produtores praticaram apologia ao crime. Ele quer que a Polícia Federal investigue ainda “situações de ameaça”.

O curta está disponível no Youtube e na descrição os responsáveis afirmam que o vídeo faz apologia “ao pacifismo, à civilização e à democracia”. “O filme critica, ridiculariza e repudia a luta armada, se alguém não conseguiu entender o óbvio”, diz o texto.

https://youtu.be/0xCO7mGCFnw

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo