Cotidiano

Morales formaliza candidatura e vai disputar vaga no Senado boliviano

O ex-presidente boliviano Evo Morales formalizou, na noite de segunda-feira (4), sua candidatura ao Senado do país, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral da Bolívia.

Refugiado na Argentina após renunciar à Presidência em novembro do ano passado, Morales vai encabeçar a lista do partido Movimento ao Socialismo (MAS) à Casa pela região de Cochambamba, no Sul da Bolívia — serão, ao todo, quatro titulares e quatro suplentes concorrendo às vagas. A eleição acontece no dia 3 de maio.

O ex-presidente está proibido legalmente de concorrer novamente à Presidência: ele deixou o cargo em meio a acusações de irregularidades na última eleição, em outubro do ano passado, quando disputada um polêmico quarto mandato. Diante desta situação, o MAS anunciou o ex-ministro da Economia Luiz Arce como candidato no novo pleito. A presidente interina, Jeanine Áñez, e outros seis candidatos estão na corrida eleitoral. De acordo com as pesquisas mais recentes, Arce aparece na frente com 26% das intenções de voto.

Na eleição do maio, serão escolhidos o presidente, o vice-presidente, 36 senadores e 120 deputados.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo