Cidades

Moradores do sertão baiano recebem atendimento gratuito e especializado em gastroenterologia

Entre os dias 29 de abril e 3 de maio, a cidade de Poções, localizada no sertão da Bahia, recebe o mutirão de cidadania, projeto idealizado pelos Voluntários do Sertão. Entre as atividades, a carreta “Destino Viver Bem”, unidade móvel focada em gastroenterologia da farmacêutica Takeda, levará atendimento médico especializado, incluindo a realização de exames para pelo menos 1.500 pacientes oriundos da fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS), com apoio de três médicos endoscopistas voluntários do Grupo Fleury.

 

O atendimento será das 8h às 17h ao lado da Unidade de Pronto Atendimento de Poções. A carreta da Saúde “Destino Viver Bem”, assim como todo o projeto, ainda beneficiará moradores de pelo menos outras nove cidades do entorno: Mirante, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Manoel Vitorino, Boa Nova, Planalto, Nova Canaã, Iguaí e Ibicuí.

 

“Decidimos estar ao lado dos Voluntários do Sertão neste projeto tão importante, principalmente porque a ação vai ao encontro de um dos principais objetivos da Takeda, que é melhorar o acesso aos cuidados com a saúde, concentrando-se nas áreas geográficas e terapêuticas onde as necessidades médicas não atendidas são mais elevadas. Queremos estar cada vez mais próximos à comunidade, avaliando de que forma podemos contribuir para levar uma saúde melhor e um futuro mais brilhante para os nossos pacientes, que estão no centro de todas as nossas decisões”, afirma Renata Campos, presidente da Takeda no Brasil.

 

Com coordenação técnica da ONG Horas da Vida em parceria com o Grupo Fleury, o projeto contará com mais de 300 voluntários. Entre eles, colaboradores da Takeda, das ONGs e do Grupo Fleury atuarão no atendimento à população, que ainda poderá conferir palestras educativas e ações em prol da promoção da saúde, com distribuição de kits informativos. “Estamos orgulhosos de ter desenhado este projeto junto com a Takeda, em parceria com o Fleury e os Voluntários do Sertão, pois a proposta reforça o maior propósito do Horas da Vida, que é conectar profissionais voluntários e viabilizar a promoção da saúde para quem mais precisa. E agora é fazer o trabalho in loco, o que nos energiza bastante”, afirma Elisangela Tolosa, diretora institucional da ONG.

 

O trio de endoscopistas faz parte de uma expedição de 40 voluntários do Grupo Fleury, entre médicos, técnicos e profissionais de diversas áreas de suporte, que estarão presentes em Poções (BA), no mesmo período, para realizar exames de análises clínicas e de imagem e também ações educativas de conscientização sobre prevenção à Aids e gravidez na adolescência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo