MutuípeSlide

Moradores de Mutuípe relatam estrondo seguido de tremor de terra após suposto barulho nas proximidades do cemitério

Populares estão intrigados com vibração nas proximidades do cemitério.

Moradores do Alto da Cajazeira em Mutuípe relataram na manhã deste sábado (6), um forte estrondo, seguido de um pequeno tremor de terra por volta de 6h, ainda não foi possível afirmar se o abalo ocorreu devido a fenômenos da natureza ou alguma explosão na zona rural.

Não há relatos de danos ou feridos, a região do Vale do Jiquiriçá registra pequenos abalos com frequencia, segundo geólogos sem potencial para causar maiores problemas.

Na manhã de ontem, os residentes da rua Clementino Santos, relataram a ocorrência de um som embaixo da terra na localidade, sendo mais perceptível nas proximidades do cemitério, o fenômeno intrigou moradores.

“Parecia com o som de uma marreta batendo embaixo do chão, durou cerca de três minutos e ficou mais perceptível devido ao isolamento social, quando todos estão em silêncio.” Indicou um dos relatos.

Por telefone, uma moradores contou ao repórter Lucas Alves que populares chegaram a entrar no cemitério para apurar se o som partia do local, mas não perceberam nenhuma anormalidade.

Alguns populares também chegaram a suspeitar que às pancadas embaixo da terra pudessem ser proveniente da tubulação da rede de água.

Não é possível afirmar que o barulho da Clementino tenha relação com o estrondo seguido de tremor registrado na manhã de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo