MutuípeSlide

Moradores da rua Lídio Santos discordam que prefeitura de Mutuípe reinstale manilhas no riacho Mutum

Alguns moradores atingidos pela cheia do riacho Mutum, no loteamento Miguel Borges, rua Lídio Santos, em Mutuípe, promoveram um ato de protesto por volta de 10h30min, desta quarta-feira (25), devido ao início das obras de recuperação do instrumento de ligação que existia na localidade e foi danificado pela força da água em 25 de dezembro de 2021.

Ele pedem que a prefeitura faça uma ponte. De acordo com relatos, o poder público pretende aterrar as cabeceiras, reinstalar as manilhas existes e concretar.

No momento em um caminhão caçamba se preparava para vasculhar, uma morador subiu no veículo para impedi-lo de despejar a terra.

O portal Mídia Bahia encaminhou um pedido de explicação a secretaria de administração de qual tipo de intervenção será executada na localidade e aguarda posicionamento.

Por volta de 11h, o secretário Flavio Sampaio foi negociar com os moradores, para que a obra possa ter continuidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo