GeralUbaíra

Moradora de Ubaíra reclama de pacientes com covid-19, no mesmo espaço que outras pessoas, secretária de saúde esclarece

Município possui gripário aberto de segunda a quinta-feira.

Uma moradora da cidade de Ubaíra, entrou em contato com a redação do Mídia Bahia, na manhã deste sábado (5), para reclamar de aglomeração no Centro de Saúde do município e atendimentos de pacientes com covid-19, no mesmo espaço que pessoas sem suspeita da doença.

Ontem [sexta-feira] fui no posto da cidade levar minha filha de 10 anos pra tomar a vacina de COVID, levei meu bebê de colo! O posto estava lotado de criança pra tomar vacina e pessoas pra fazer exame. Fiquei muito triste, questionei pro secretário do posto! Por que no mesmo ambiente havia 2 mulheres que tinham testado positivo pra covid. As duas mulheres estavam circulando dentro do posto esperando atendimento. Cheguei a falar com o secretário do posto, ele mim falou que nem ele sabia dessa situação, que as mulheres realmente estavam lá sim, mas que chegaram sem ele saber da situação, que ele só soube da situação quando elas chegaram no posto. Uma funcionária mandou todo mundo se afastar porque tinham pessoas de covid junto de quem não tinha covid.” Criticou a moradora.

Em contato com a Secretária Jamile, ela esclareceu a denúncia e argumentou não existir recomendação para separação de pacientes, ela disse também que Ubaíra foi um dos poucos municípios da região que instalou um gripário.

A gente abriu na cidade, acho até que poucos municípios fizeram isso, até porque hoje…, a obrigação no tratamento da covid, é o pessoal ir para cada unidade de referência, respeitar o distanciamento, usar máscara e todos serem atendidos no mesmo espaço físico, infelizmente a doença da covid é uma gripe comum, uma zoonoses comum, uma arbovirose comum, a gente abriu um gripário na bairro Areia de Cima, a unidade Maria Conceição, essa unidade funciona de segunda a quintas-feiras para atender somente síndrome gripal, ou seja, a gente não mistura no município. Na sexta-feira, porque a unidade tem que fechar para fazer a desinfecção, e testarmos os profissionais que ali trabalham, a unidade do Centro, o médico atende os pacientes normais até às 9h, e de 9:30h em diante é só os pacientes de covid, ou que vão receber alta, ou que iniciou os sintomas, em fim, até meio dia, então essa é a diferença do município, nós não misturamos, porém, infelizmente algumas vezes, alguém vai pro médico com algum sintoma como se fosse uma gripe normal, e acaba sendo covid.” Esclareceu a secretária.

Jamile disse ainda que nos sábados, domingos e feriados, o atendimento ocorre no hospital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo