Esportes

Mitos e verdades sobre os bastidores do futebol

Separamos algumas histórias curiosas envolvendo clubes brasileiros, jogadores famosos, fake news, “chapéu” em rival e muito mais. Veja esse conteúdo especial que a KTO Apostas esportivas preparou.

Boicote de Cruyff à Copa de 1978

Em 1978, quando o maior jogador holandês Johan Cruyff, se recusou a jogar a Copa da Argentina, muitos apontaram que foi por um boicote à ditadura militar dos Hermanos e a notícia rapidamente se espalhou e popularizou.  Apenas em 2010, o craque resolveu revelar a verdade por trás da ausência no mundial. Ele teria sofrido um assalto à mão armada em sua casa, onde chegaram a apontar uma arma para sua cabeça. Depois disso, ele decidiu que não passaria mais tempo longe da família.

A ditadura vetou Maradona da Copa

A ditadura militar argentina, foi um dos principais assuntos que rondaram a Copa do Mundo de 1978. Entre várias histórias contadas na época, uma delas chamava a atenção e envolvia o futuro ídolo do país. Foi divulgado, que a própria ditadura do país, teria proibido a convocação de Maradona para a disputa do mundial. Na ocasião, Diego tinha 17 anos e estava fazendo enorme sucesso no Argentino Juniors. Mais tarde, o técnico César Menotti negou o fato e assumiu total responsabilidade pela não convocação do garoto.

A máfia do apito

A Máfia do Apito, que tinha como personagem central o então arbitro Edílson Pereira de Carvalho, foi desmascarada em 2005. Um dos maiores escândalos do futebol nacional, envolvia manipulações de resultados do Brasileirão daquele ano, para favorecer um grupo de apostadores. Com a descoberta, a Confederação Brasileira de Futebol foi obrigada a anular e remarcar 11 confrontos. 

Manipulação da copa de 1998

Recentemente, em entrevista à uma rádio francesa, Michel Platini, presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 1998, admitiu ter manipulado a escolha das chaves do sorteio, para garantir que a França não enfrentasse o Brasil antes da final.

Brasil vendeu a copa de 1998

Uma das maiores mentiras até hoje envolvendo a seleção brasileira, é que ela teria entregue a final da Copa do 98 para a França, em troca de sediar o mundial de 2002. Isso aconteceu porque uma pessoa invadiu o site da CBF, minutos após a derrota e relatou a suposta venda do jogo. A CBF, em vez de desmentir, apenas tirou o site do ar. A notícia logo se espalhou e as pessoas começaram a associar o mal-estar de Ronaldo, a venda da partida. Até hoje, muitas pessoas ainda acreditam nesta teoria.

5 Contratações dadas como certas, mas que nunca aconteceram

 Anelka no Atlético-MG

No dia 6 de abril de 2014, o então presidente do Atlético, Alexandre Kalil, postou em seu Twitter confirmando a contratação do atacante francês Anelka, pelo Galo. Porém, pouco depois, o próprio jogador negou o acordo e disse que não iria mais para Belo Horizonte.

Drogba no Corinthians

O Corinthians esteve perto de anunciar a contratação de Drogba, mas antes mesmo do atacante assinar o contrato, o clube começou a comercializar uma série de camisas com o número 15 e o nome do marfinense. Por fim, a negociação não se concretizou.

Ronaldinho no Grêmio

Em 2011, quando anunciou sua saída do Milan, o Grêmio sonhava em repatriar o craque Ronaldinho Gaúcho. O clube negociava com o jogador, mas não chegou a fazer nenhum anúncio. O problema é que a diretoria encheu o gramado do estádio Olímpico de caixas de som, para oficializar o acordo. Acordo esse que não veio, em vez disso, o camisa 10fechou com o Flamengo.

Ronaldinho no Palmeiras

Semelhante com o que aconteceu no Corinthians, a diretoria do Palmeiras solicitou que camisas do clube fossem produzidas com o número 7 e o nome de Ronaldinho. Na época, o craque estava de saída do Atlético Mineiro e despertava muito interesse do Palmeiras, mas o jogador acabou indo para o Querétaro, do México.

Dudu no são Paulo

Em 2014, o São Paulo esteve muito próximo de fechar com o atacante Dudu. Toda a imprensa já noticiava a contratação por parte do Tricolor Paulista, com manchetes dizendo que o clube havia vencido a concorrência com o Corinthians e levado o jogador. O problema é que dias depois, Dudu foi apresentado pelo Palmeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo