Saúde

Mitos e verdades sobre a diabetes

A diabetes é uma disfunção metabólica crônica que ocorre em função da falta de insulina, que é um hormônio que o pâncreas produz. Ela se desenvolve quando a pessoa assume uma dieta inadequada, com muito açúcar. Além disso, o sedentarismo também colabora para o aparecimento dessa doença.

Diabetes
Foto: reprodução

Outra questão são os fatores genéticos que interferem no metabolismo desencadeando o diabetes. Essa doença é crônica e eleva ou diminui o peso, pode causar problemas cardiovasculares, em casos mais graves pode levar a falência de órgãos e até causar a morte. Mas, mesmo com tantos perigos o diabetes pode ser controlado com medicação e uma boa qualidade de vida.

Veja vários mitos e verdades sobre o diabetes

Diabetes é transmissível?
Mito: ela não é contagiosa. O diabético pode ter amigos, emprego e conviver com os familiares. Acontece que a doença do tipo 1 é originada de forma genética e não é transmitida de pessoa para pessoa. Existem mães diabéticas que tem filhos saudáveis.

A canela melhora o controle do diabetes?
Mito: não tem nenhuma comprovação científica sobre isso. Mas já há pesquisas em andamento para avaliar se a canela realmente ajuda a controlar a doença. Como é um problema crônico, não siga nada que não seja comprovado cientificamente para não piorar o problema.

Não há problema em consumir açúcar mascavo, caldo de cana e mel pelo diabético?
Mito: Esses alimentos são naturais, mas possuem açúcar do tipo sacarose, inapropriado para o consumo dos diabéticos. Os níveis de glicose podem ficar altos e gerar uma crise se não for utilizado com conhecimento da quantidade certa e equilibrado com uma boa dieta. Cuidado. 10% dos carboidratos consumidos podem ser sacarose.

Existem alimentos que ajudam no tratamento do diabetes auxiliando no controle dos níveis de glicose?
Verdade: isso ocorre por causa do índice glicêmico baixo de alguns alimentos, ele atrasa a absorção da glicose pelo sangue estabilizando a doença. Estes alimentos podem ser integrais, iogurtes sem açúcar, feijão, maçã, lentilha, manga, pera, dentre outros. Ainda existem alguns como a batata, massa e outros carboidratos que aumentam o açúcar no sangue piorando a doença.

Aplicar insulina pode causar uma dependência química?
Mito: a insulina permite que entre glicose na célula transformando-se em fonte de energia, sem causar nenhuma dependência química. Os pacientes de diabetes tipo 1 precisam da aplicação deste hormônio constantemente, não por dependência, mas para controlarem a doença.

É importante trocar o açúcar dos alimentos por adoçante?
Verdade: os adoçantes surgiram especificamente para os diabéticos ou para uso em dietas. O valor recomendado diariamente de aspartame é de 40 mg por kg e o adoçante ciclamato é de 11 mg. Quem é saudável deve evitar cometer excessos ao usar esses produtos.

O diabético pode ficar sem usar a insulina, caso não faça a ingestão de carboidratos?
Mito: o carboidrato aumenta muito rápido a glicemia, seu uso precisa ser controlado. No diabetes tipo 1 é necessário aplicar insulina todos os dias, mas no tipo 2 vai depender do grau de glicemia. Se estiver bem controlado poderá cessar seu uso.

Diabéticos não podem exagerar nas bebidas alcoólicas?
Verdade: é permitido beber poucas doses junto com a refeição, o consumo isolado pode causar uma baixa nas taxas de açúcar já que a insulina ingerida já é para isso, gerando uma elevada diminuição da glicose podendo causar um quadro crônico da doença. Faça um monitoramento de sua glicose antes e depois de consumir bebida alcoólica. As bebidas destiladas podem ser ingeridas com moderação.

Quem tem diabetes deve fazer exercícios leves?
Verdade: é bom para o diabético se exercitar de forma leve, com orientação de um médico. As atividades físicas deixam o nível glicêmico melhor. Mas, quando há um gasto calórico mais elevado do que a reposição de nutrientes depois de treinar, pode ocorrer um caso de hipoglicemia. É necessário sempre haver um monitoramento. Com as informações do site https://www.saludynutricionbienestar.com

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar