GeralNotícias

Ministro da Agricultura tem negócios com abatedouro clandestino, denuncia revista

MINISTRO DA AGRICULTURAEmpossado ministro da Agricultura no último dia 16 de março, o peemedebista Antônio Andrade é amigo há mais de duas décadas e parceiro nos negócios de Rogério Martins da Fonseca, dono de um abatedouro clandestino na cidade mineira de Vazante, informa reportagem da revista Veja. “O último gado que comprei do ministro foi em dezembro. Foram 22 reses”, declarou Rogério. Como a natureza do negócio é clandestina, não há registro das operações comerciais, mas cada boi foi vendido por mil reais, segundo a matéria. Fazendeiro bem-sucedido, o titular da Agricultura tem seis propriedades rurais e um rebanho de aproximadamente 3 mil cabeças de gado. Apesar das declarações do parceiro comercial e de um funcionário do matadouro, o ministro negou a relação nos negócios e disse desconhecer o estabelecimento. “Nunca ouvi falar nisso. O meu gado é comercializado só com grandes frigoríficos”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo