Cidades

Ministro afirma que dito sobre ACM de que 'ele rouba, mas faz' não se aplica ao PT

JUCA FERREIRAApelidado de “melancia”, fruta que é verde por fora e vermelha por dentro, até 2010, o ministro da Cultura Juca Ferreira contou à Folha de S. Paulo porque se filiou ao PT naquele ano. “Me filiei num momento de crise do partido. Quero ajudar o PT a sair dela”, afirmou.

Para justificar sua mudança de um partido para o outro, Juca fez uma comparação com o cenário da política na Bahia quando Antônio Carlos Magalhães era governador do Estado. “Quando cheguei do exílio [durante o regime militar], as pessoas comuns da Bahia, orgulhosas de Antônio Carlos Magalhães, diziam: ‘ele rouba, mas faz’.

Essa combinação não é possível para o que o PT representa”, declarou. Quanto ao PV, o ministro baiano menciona ter percebido no partido diretrizes de direita. “Achei que o partido tinha desenvolvido uma escoliose à direita”, apontou.

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo