Cotidiano

Ministério da Saúde se reúne com Pfizer e negocia compra de 70 mi de doses de vacina

O Ministério da Saúde deve assinar nesta semana um protocolo de intenções de compra da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Pfizer e a empresa BioNTech. A pasta divulgou uma nota nesta segunda-feira (7) que traz a informação. 

A expectativa é de que o Brasil adquira 70 milhões de doses do imunizante. 

O Reino Unido iniciou nesta terça-feira (8) a vacinação da população. O país aprovou a vacina da Pfizer na semana passa.

A nota do Ministério da Saúde brasileiro traz a informação de que as negociações “avançam” e a vacina deve ser fornecida em 2021. 

O texto não define datas. 

“O governo brasileiro e a Pfizer avançam nas tratativas na intenção de compra de 70 milhões de doses da vacina da Pfizer e BioNTech contra a Covid-19, a ser fornecida em 2021. Os termos já estão bem avançados e devem ser finalizados ainda no início desta semana com a assinatura do memorando de intenção”, informou o ministério.

Apuração da TV Globo identificou que o secretário-executivo do ministério, Elcio Franco, se reuniu nesta segunda-feira (7) com representantes da Pfizer.

Na semana passada o governo Brasileiro havia sinalizado que não pretendia adquirir a vacina. O imunizante necessita de infraestrutura específica para armazenamento, com temperatura de – 70º graus. A pasta informou que o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde incluiria vacinas contra a Covid-19 que  “fundamentalmente” podem ser armazenadas em temperaturas de 2º C a 8º C. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo