Cotidiano

Menino de 12 anos é jogado de ponte após se recusar a matar motorista

Menino de 12 anos e jogado de ponte apos se recusar a matar motoristaO grupo lhe disse que se ele não obedecesse seria esfaqueado até a morte ou jogado de uma ponte, e acrescentou ainda que o jovem poderia escolher a forma que iria morrer. Como seu pai, Luis Escalante, era um motorista de ônibus, Angel preferiu morrer ao matar um trabalhador, e foi jogado da Incienso Bridge, uma das pontes mais longas da América Central.
Apesar de ser jogado de uma altura de 135 metros, ele conseguiu sobreviver após cair sobre uma espessa folhagem. O menino ficou no local durante 72 horas, gravemente ferido, até que seu pai e sua família o encontraram. Após ser resgatado por bombeiros e ser levado para um hospital, os médicos lutaram por 15 dias para salvar sua vida, mas ele não resistiu devido aos ferimentos. O ativista local de direitos humanos, Edgar Guerra, disse que o uso de menores em crimes é um fenômeno frequente no país já que eles não podem ser acusados pelo assassinato caso sejam pegos pela polícia.
Veja também
Ibametro proíbe venda e distribuição de chupetas e mamadeiras customizadas
INSS estende prazo para aposentados declararem que estão vivos
Latino paquera ex-BBB em rede social: ‘me responde no inbox’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo