Geral

MEC vai mudar regras para criação de cursos de medicina; ‘O balcão fechou’, diz Mercadante

MERCADANTEO ministro da Educação, Aloizio Mercadante, defendeu a mudança na política de criação de cursos de medicina no país. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, publicada nesta terça-feira (5), a partir de agora, é o governo federal que vai determinar onde serão criados novos cursos da graduação. Hoje, são as instituições de ensino superior que levam a demanda ao MEC. “Essa lógica não assegura necessariamente o interesse público da sociedade. O interesse da instituição pode ser do mercado de medicina, mas não do interesse público no sentido de boas práticas médicas, com equipamentos disponíveis. (…) O balcão [para pedidos de criação de vagas] fechou”, disse Mercadante em coletiva de imprensa. A ideia é que as novas regras garantam o atendimento ao “interesse público” da sociedade, ao priorizar a expansão em cidades e regiões que têm déficit de vagas e médicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo