Esportes

Marquinhos busca espaço no Bahia de Feira e visa confronto com o Vitória

Velho conhecido da torcida rubro-negra, Marquinhos está no Bahia de Feira desde fevereiro, mas por conta da pandemia do novo coronavírus ainda não teve tempo de mostrar muito serviço e conquistar seu espaço no Tremendão.

Durante a pandemia, Marquinhos seguiu o protocolo junto aos companheiros e treinou em casa e comenta o momento de dificuldade que todos estão passando.

“A gente sabe que está sendo um momento muito difícil para a gente, nessa parada que está tendo. Mas soubemos suportar algumas coisas, com orientação médica, orientação do presidente do clube e dos preparadores físicos. Tivemos alguns treinamentos em casa, onde a gente fazia a preparação como podíamos fazer. Graças a Deus, retornamos com os treinamentos no campo, agora é ter tranquilidade, com toda a orientação que a gente sabe que tem que ter, paciência para poder voltar aos poucos. A gente sabe que é difícil jogar sem o torcedor, mas é por uma boa causa, para a gente poder estar se cuidando”, disse o atacante.

Marquinhos visa conquistar a titularidade no retorno do Campeonato Baiano e vê com bons olhos a chegada dos novos contratados.

“Expectativa muito grande. A gente sabe que tem que ter tranquilidade, paciência. Tem vários jogadores de qualidade no grupo. A gente fica sempre à disposição do trinador. Estou buscando isso no dia a dia, nos treinamentos. Mas sei que tenho que ir com calma, com os pés no chão. Não é fácil, pelo que passei desde o ano passado, quando tive lesão. Graças a Deus estou bem, agora é ter tranquilidade para ir para campo”, falou o atacante que lutou contra os problemas musculares na temporada passada.

Por fim, ele comentou sobre o primeiro adversário na retomada da competição, Vitória, clube pelo que o revelou.

“A gente sabe que é difícil jogar contra o Vitória no Barradão. Não só no Barradão, mas em outros lugares também. Mas principalmente no Barradão, onde é o caldeirão deles. O Vitória virá sem torcedor, a gente sabe que é difícil jogar sem torcedor. O mais importante é ter tranquilidade, buscar o que o professor vem falando nos treinamentos, no dia a dia com a gente, para buscar essa vitória, que é muito importante”, completou.

Galaticosonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo