Entretenimento

Marido de Carol Bittencourt será indiciado por morte de modelo

Jorge Sestini, marido da modelo Caroline Bittencourt, morta após cair da lancha em que estavam no último dia 28, depois de enfrentarem uma tempestade em alto mar no litoral de São Paulo, será indiciado por homicídio culposo – quando não há intenção de matar.

De acordo com informações do G1, a decisão do delegado da Polícia Civil que ouviu o depoimento de Jorge considera que houve “negligência” no caso. Lenildo de Oliveira, dono da empresa da embarcação, afirmou à polícia que alertou o namorado de Carol sobre as mudanças climáticas, mas que ele apenas recebeu o recado e agradeceu.

“Sabedor do mau tempo que assolava naquele momento a região, especialmente para quem se encontrava a bordo de embarcações de pequeno porte, expressamente advertido a esse respeito, resolveu por lançar-se ao mar, não providenciando ao menos que a vítima utilizasse um colete salva-vidas, como lhe competia, negligência indiscutível que remete aos fundamentos dos delitos culposos”, afirmou o delegado no documento da intimação.

O agente da modelo contou em entrevista a Léo Dias que Jorge ficou em estado de choque após a morte da companheira. Ele teria ficado por duas horas no mar a procura de Carol, que caiu junto com seus dois cachorros de estimação. Seu corpo foi encontrado cerca de 24h depois do acidente.

O dono da Lemar Garagem Náutica, Lenildo de Oliveira, disse que tentou novamente entrar em contato com o casal mais uma vez, e que se caso ainda não estivessem em alto mar, iria recomendar que não tentassem fazer a travessia.

Bahia,ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo