Cidades

Marido de Bianca Toledo está preso em Bangu

Felipe Garcia Heiderich, marido da pastora Bianca Toledo deu entrada no sistema penitenciário de Bangu na terça-feira (5).

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O pastor Felipe Garcia Heiderich, marido da pastora Bianca Toledo, está preso por estupro de menor de 14 anos na Cadeia Pública José Frederico Marques, localizada no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro.

Felipe Heiderich foi preso após abusar do próprio enteado de 5 anos, segundo revelou nesta quarta-feira (6), em plenário, o senador e pastor Magno Malta (PR-ES). Malta, que é amigo de Bianca, chamou Felipe de “falso pastor”. De acordo com Bianca, Felipe foi levado para a penitenciária após pedido de Prisão do Ministério Público do estado.

Na noite de terça-feira (5), Bianca publicou um vídeo para os fãs confirmando a separação e explicando o motivo do fim do casamento. Ela afirma que ele é homossexual e está “acautelado por crime de pedofilia”.

Em uma atualização à postagem, a pastora diz que a prisão foi feita com base em provas. “Diante do conteúdo do vídeo posso frisar que a anulação do casamento foi iniciada e se torna legitima diante das provas de uma vida dupla e imoral. Contrária a prometida no altar e ressaltada publicamente durante todo casamento. A teologia do Felipe era perfeita, mas seu interior era uma fraude. Me enganou e enganou a todos. É triste, mas é a verdade”, escreveu.

Além de expor a situação do marido, ela também pede orações aos fãs. “Investigação de pedofilia torna mais grave e triste tudo que descobri. O Pedido de Prisão do MP (Ministério Público) foi feito mediante uma série de provas contundentes. E as provas não param de chegar porque Deus disse que traria tudo a tona para temor da igreja diante do engano que assola os últimos dias. Orem por mim! Estou de Luto. Mas agora eu só quero Justiça! Felipe está preso em Bangu depois de todos os procedimentos legais”, explicou.

Inicialmente, ela havia dito que ele estava internado em uma clínica psiquiátrica. Procurado pela reportagem, o Ministério Público informou que irá se pronunciar através de nota.

Polêmica
O assunto se tornou público depois que a pastora fez um desabafo que surpreendeu os fãs e seguidores nas redes sociais na noite desta terça-feira (5). “Eu fui enganada”, disse a missionária. Bianca afirmou ainda que o marido confirmou as acusações e tentou suicídio.

“Ele chegou a confirmar pra mim (…) e isso me fez querer cancelar esse casamento”, relatou Bianca. Ainda no vídeo, a ex-cantora afirma que aguarda justiça. “Como mãe eu posso dizer que os últimos dias foram os piores da minha vida. Ele está atrelado com crime de pedofilia e eu estou aguardando a justiça do céu e da terra (…)”, disse.

História surpreendente
Bianca foi descoberta no programa de calouros do Raul Gil. Pouco tempo depois se casou e engravidou. A poucas semanas para o parto, Bianca sofreu um grave rompimento do intestino, foi hospitalizada e passou por dez cirurgias, inclusive no pulmão. A pastora passou por 300 transfusões de sangue, sofreu duas paradas cardíacas e ficou em coma por 52 dias. Durante o internamento, Bianca contraiu a superbactéria KPC, além de outras infecções. Bianca ficou desfigurada após um edema generalizado.

Foram cinco meses no hospital sem falar e andar. Durante esse período, o primeiro marido a abandonou. Ela só conheceu o filho quando ele já estava com seis meses de vida. Hoje o menino está com cinco anos.

Bianca se casou com Felipe em 2013, e juntos palestravam pelo país para outros casais evangélicos. A história de amor do casal era muito admirada nas redes socais. O vídeo, cujo título é ‘O casamento mais lindo do mundo’, tem mais de 2,5 milhões de visualizações no Youtube. Fonte: Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo