Esportes

Marcelo Oliveira critica pressão e diz que é hora de ganhar a Copa do Brasil

MARCELO OLIVEIRA - PALMEIRASO técnico Marcelo Oliveira chega em sua quarta decisão de Copa do Brasil nas últimas cinco edições do torneio, mas, em nenhuma das outras três vezes em que esteve na final, saiu vencedor. Assim, os dois jogos do Palmeiras contra o Santos ganham um ingrediente especial para o treinador, que acha exagero a cobrança em cima dele por causa disso. Entretanto, ele avisa que sente que chegou a hora de levantar a taça.
“Temos de pensar no título de forma diferente. Não é necessidade minha ou momentânea do Palmeiras. É de um clube grande, com torcida numerosa e a valorização do trabalho. É por isso que vamos buscar o título”, disse o treinador.
Marcelo ainda destacou que, se estivesse na Europa, o pensamento em relação ao fato de ter sido vice tantas vezes seria diferente. “Aqui no Brasil gostamos de citar muitos exemplos da Europa. Um técnico três vezes vice-campeão de um torneio importante na Europa é premiado. Aqui, é visto como fracassado. Depende do olhar pessimista ou otimista de cada um”, reclamou o comandante.
Ele prefere ter uma visão mais otimista para a situação. “Tenho que pensar que eram 80 times e chegamos à final. Agora é usar da experiência, porque assim é mais fácil de chegar”, completou o treinador, com a bagagem de quem ganhou dois títulos seguidos do Brasileirão pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014.
Para o último treino antes do primeiro jogo da decisão, o clima é de mistério. O treinador concedeu entrevista coletiva antes da atividade e depois os jornalistas tiveram que deixar a Academia de Futebol para ele comandar um treinamento coletivo sem que o time titular fosse conhecido.

Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo