Cidades

Marcell sugere que Isidório reveja conceitos da ‘cura gay’: ‘Deitou com os dois sexos’

Os deputados estaduais Marcell Moraes (PV) e Pastor Sargento Isidório (Avante) protagonizaram uma discussão nesta quarta-feira (20), durante sessão na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

O episódio aconteceu após Marcell rebater discurso feito por Isidório, em favor da decisão de um juiz federal que permitiu psicólogos oferecerem para pacientes a “cura gay”. O parlamentar chamou o posicionamento do pastor de “arcaico e medieval” e relembrou que ele, autodeclarado “ex-gay”, deveria “rever suas posturas”, já que se “deitou com os dois sexos”. “A sociedade repudia esse pronunciamento. Isso não dá voto, deputado, o que dá voto é trabalho. Não vamos aceitar seus pronunciamentos arcaicos, fazer teatro para buscar voto, para sair uma notinha no jornal”, criticou o verde.

O deputado ainda pediu que Isidório respeite “todas as formas de amor” e esqueça as “decepções amorosas do passado”. “Estamos no século XXI. Reveja seus posicionamentos, até porque o senhor é pai. Um filho de vossa excelência pode ter a opção sexual que quiser”, continuou o parlamentar, sugerindo que o colega faz “molecagem”.

Em seguida, Isidório negou ter chamado Marcell de “moleque” e falou seu pronunciamento apenas que a “maioria dos gays e lésbicas não aceitam chamar Jesus de viado”. “Agressão e ser arcaico é a pedofilia e a zoofilia. Eu sou ex-gay, liberto por Jesus. Eu sou homem, religioso, não ofendi gay nenhum. Apenas falei que esses doentes mentais, essa meia dúzia de doentes mentais que ofendem Jesus não merece respeito”, respondeu.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo