Bahia

Mais quatro homicídios são registrados no município de Feira de Santana; 300 só neste ano

Mais quatro pessoas foram assassinadas em Feira de Santana na última terça-feira (11), elevando para 13 o número de homicídios no mês de setembro e 300 no ano.

O primeiro crime foi registrado no início da tarde, quando um homem aparentando ter idade entre 25 e 30 anos foi encontrado morto na localidade Três Riachos, às margens da BR-116 Sul, no bairro Pedra do Descanso.

O corpo  estava dentro de um saco plástico preto e apresentava várias perfurações a golpes de faca. Segundo informações da polícia, uma faca foi encontrada cravada no peito esquerdo da vítima, que ainda não foi identificada.

Queimadinha – corpo encontrado parcialmente enterrado

No bairro Queimadinha, um homem identificado apenas como Zoi, foi encontrado morto por volta das 20h, na localidade taboa. O corpo foi enterrado do pescoço para baixo, deixando a cabeça exposta.  Segundo informações da polícia, a vítima foi assassinada há três dias e o corpo já estava em estado de gigantismo. Dois adolescentes foram apontados como suspeitos do crime.

Rua Nova – Pedreiro morto a tiros

Um homem ainda sem identificação foi assassinado com tiros no rosto, na rua Mantiqueira, no bairro Rua Nova. Segundo informações, ele morava no mesmo bairro onde foi morto e trabalhava como pedreiro. Não há outros detalhes sobre este crime.

Sítio Mathias – Adolescente é morto por engano

O adolescente Paulo Raimundo dos Santos Tanajura, 16 anos, que morava na estrada Feira – São Gonçalo, no bairro Parque Panorama, foi assassinado na noite de terça-feira com tiros no tórax, braços e pescoço, no bairro Sítio Mathias.

O comandante da Guarda Civil Municipal, Marcos Vinícius, disse ao Acorda Cidade que os tiros foram disparados por dois homens que estava em um automóvel.  O jovem ainda foi socorrido para o Hospital Estadual da Criança (HEC), mas não resistiu. Segundo informações, Paulo não era o alvo dos matadores e foi morto por engano. A polícia já tem o nome de dois suspeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo