Cidades

Mais dois envolvidos em sequestro de dona de salão são presos

184637Mais dois suspeitos de envolvimento no sequestro da cabeleireira Arlethe Patez, ocorrido em 22 de julho, no bairro do Costa Azul, em Salvador, foram presos. A informação foi divulgada pela Plícia Civil na tarde desta sexta-feira (4). Romildo Jesus de Oliveira, de 27 anos, e Edicléia Silva Santos, de 23, estavam com mandado de prisão em aberto e se apresentaram na Delegacia Territorial (DT), de Valença, na última terça-feira (1ª). Segundo a polícia, Romildo e Edicléia ficavam no cativeiro com Arlethe, na cidade de Teolândia, no sul da Bahia, distante 280 quilômetros de Salvador.
 
Veja também
Cantor de “Muriçoca”, Rei da Cacimbinha viu cachê multiplicar em 1 ano
Quadrilha de Amargosa é presa em flagrante pela PRF no município de Itaberaba
Itagibá: grave acidente deixa 6 feridos na BA-650
Outros seis suspeitos de envolvimento no crime já haviam sido foram presos. Manoel Candido da Paes, de 46 anos, que revelou a localização do cativeiro de Arlethe; Inael Moura de Jesus, o “Baby”, 29 anos, responsável por cuidar da refém; o soldado PM Solemar Alves Campos, 41 anos, lotado na 41ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Federação), e apontado como um dos mentores do sequestro; Andresson Lopes de Oliveira, 35 anos, companheiro de uma funcionária do salão da vítima; Filipe Assis Lima, 21 anos, responsável por roubar o veículo, a pedido de Solemar, usado para sequestrar e conduzir Arlethe ao cativeiro; e José Evandro de Oliveira, 37 anos, preso em 21 de agosto, na Rua Jardim Oliveira, na Engomadeira. Além deles, o líder da quadrilha, Damião dos Santos, 41 anos, morreu durante confronto com policiais do Draco, também em 21 de agosto, naquele bairro. A polícia procura outros quatro envolvidos no sequestro que estão com mandado de prisão em aberto. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo