Geral

Mais de 20 funcionários da prefeitura de Gandu receberam mais de R$ 65 mil reais do Auxílio Emergencial

Um cruzamento de dados com informações obtidas junta ao Governo Federal e folha de pagamento da prefeitura de Gandu, revela que 21 funcionários municipais receberam, entre abril e dezembro de 2020, R$ 65.648,00 (sessenta e cinco mil, seiscentos e quarenta e oito reais) de Auxílio Emergencial, destinado para trabalhadores informais que perderam suas fontes de renda durante à pandemia.

Na lista de 21 nomes, aparecem desde vigilante, até professores e psicólogos, com salários que variam entre R$ 1.017,00 (hum mil e dezessete reais) e R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais).

O cruzamento de dados só foi possível após um funcionário da própria prefeitura disponibilizar uma folha atual de pagamento do município. Na lista dos beneficiados, 06 ainda continuam recebendo, 01 devolveu o dinheiro e o restante teve o beneficio cancelado após à União descobrir à fraude. Destaca-se na lista o nome de 04 professores (as), 01 psicóloga e 02 orientadoras sociais. Se somados, os valores recebidos por eles chegam aos R$ 22.388,00 (vinte e dois mil, trezentos e oitenta e oito reais).

Aparecem na lista também vigilantes, agentes administrativos, auxiliar de serviços, administrador, coordenadores e até uma diretora com ligação na área da saúde. Todos os listados ocupam cargos comissionados ou temporários. O caso pode gerar uma abertura de Processo Administrativo e até exoneração dos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo