Cotidiano

Maioria vê Lula culpado e acha que Fachin errou em anular condenações, diz Datafolha

A condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no caso do tríplex de Guarujá, foi justa, para 57% dos entrevistados de uma pesquisa feita pelo Instituto Datafolha. O levantamento também apontou que 51% dos brasileiros criticam o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), por ter agido mal ao anular esta e outras sentenças contra o petista, tornando o ex-presidente elegível.

De acordo com a Folha de São Paulo, o Datafolha ouviu 2.023 pessoas nos dias 15 e 16 de março. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou menos.

Segundo a pesquisa, para 57%, a condenação dada pelo então juiz Sergio Moro a Lula, na Operação Lava Jato, foi justa. Apenas 38% dos entrevistados acham que a decisão foi injusta e 5% não souberam opinar. Segundo a publicação, em abril de 2018, o Datafolha havia feito a mesma questão, com resultados semelhantes: 54% viram justiça, 40%, injustiça, e 6% disseram não saber.

Sobre Fachin, 51% dos ouvidos pelo Datafolha acham que o ministro agiu mal em anular as condenações, enquanto 42% acreditam que ele fez o certo. 6% não souberam responder.

Com Lula elegível, houve divisão entre os entrevistados, onde 51% apontaram que não querem que ele concorra as eleições em 2022, enquanto 47% querem.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo