CidadesGeralPolítica

Lupi manda recado para Rui sobre manutenção do PDT na base: “se ele não quiser, paciência”

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, não teve papas na língua ao comentar sobre uma eventual saída do partido da base do governador Rui Costa (PT) com a filiação de Léo Prates na sigla e uma eventual aproximação com o prefeito ACM Neto (DEM).

Questionado sobre o assunto, respondeu: “Depende dele. Ajudamos a construir essa eleição, foi estadual. Essa eleição é municipal. Se ele não quiser, paciência. Vamos seguir nosso caminho”.

A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (11), durante ato de filiação do secretário da Saúde de Salvador na União dos Municípios da Bahia (UPB).

Não é a primeira vez que o PDT faz aceno e se aproxima do Palácio Thomé de Souza em detrimento do arco capitaneado pelo petismo no Estado. Dessa vez o assunto ganha força após conversas avanças do presidente nacional do DEM, ACM Neto (DEM), com o pré-candidato a presidente pelo PDT em 2022, Ciro Gomes, contudo, Lupi sai pela tangente quando mencionada essa aproximação dos dois caciques. 

“Nós estamos filiamos Leo Prates para ser candidato a prefeito e é pra valer. Em 2022 é outra história. Sobre a Câmara, a intenção é fazer de quatro a cinco vereadores. Fortalecer o partido e quem sabe ganhar a eleição”, afirmou.

Atualmente o PDT faz parte da base do governador Rui Costa com indicações de cargos na gestão e tem deputados na bancada governista na Assembleia Legislativa da Bahia.

Bnews

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar