Cotidiano

Lula poderá pedir mudança para o semiaberto a partir de 23 de setembro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) poderá deixar o regime fechado a partir de 23 de setembro.

Segundo o jornal O Globo, para pleitear progressão de pena para o semiaberto, porém, o petista ainda precisa cumprir mais 45 dias de prisão na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.

Caso a progressão da pena ocorra, Lula ele deixará a cadeia durante o dia para trabalhar e retorna à noite para dormir.

Por se tratar de um ex-presidente, a defesa pode pedir que Lula fique em prisão domiciliar. Além disso, há a possibilidade de ele sair de casa para trabalhar durante o dia e se recolha à noite e durante os finais de semana e feriados.

Lula está detido há um ano e quatro meses.

Em abril, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu a pena de Lula para oito anos, dez meses e 20 dias. Pela lei, o petista terá direito ao benefício da progressão de regime após cumprir um sexto, o equivalente a 17, 6 meses. Até hoje, ele já cumpriu 16 meses e um dia.

A progressão do regime, no entanto, está condicionada a um pagamento de reparação de danos do réu. Assim, o ex-presidente terá que arcar com R$ 4, 1 milhões para deixar a cadeia. O valor, que se refere à multa e custas processuais, havia sido estipulado em R$ 2, 4 milhões pelo STJ. No mês passado, porém, a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal, recalculou a quantia.

De acordo com correligionários, o PT vai fazer uma vaquinha para o pagamento.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo