BrasilGeral

Lula é acusado pela Receita Federal de sonegação, fraude e conluio

A Receita Federal acusa o ex-presidente Lula de sonegação, fraude e conluio. Segundo a Veja, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional cobra do petista uma dívida de R$ 1,25 milhão referente a impostos que deixaram de ser recolhidos.

A Receita afirma que Lula omitiu em suas suas declarações de renda recursos que recebeu de empreiteiras para reformar o tríplex do Guarujá e o sítio de Atibaia.

A ação foi impetrada em junho, 5 dias após a decisão do Supremo Tribunal Federal que declarou a suspeição de Sergio Moro no processo do triplex.

Os auditores entendem que o imóvel no litoral paulista pertencia ao petista e que a reforma fazia parte de um pacote de vantagens financeiras não declaradas sobre as quais incidem tributos.

Também afirmam que, apesar do sentença de Lula no caso do sítio de Atibaia ter sido anulada, os crimes ficaram configurados.

O antagonista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo