Entretenimento

Luan Santana fala sobre sexo e fama de gay: 'Me incomodava muito. Sofria sozinho'

LUAN SANTANAEm uma entrevista a revista Playboy, publicada nesta semana, o cantor Luan Santana falou sobre diversas polêmicas que o rodeiam desde o início da carreira. O sertanejo conta que a fama de gay era algo que o tirava do sério no início da carreira. “Me incomodava muito. Acho que era por eu ser muito novo, pentear o cabelo diferente, por usar umas roupas mais descoladas. Todos os outros sertanejos usavam bota, camisa e chapéu, e eu vinha com o cabelinho arrepiado, jeito meio roqueiro de vestir. E a imprensa sabe que o que deixa um homem furioso é ser chamado de gay”, disse.
Luan ainda fala que, por estar no início, não sabia lidar muito bem com o que era falado. “Eu sofria sozinho, não dividia esse problema com ninguém. Ficava acordado de madrugada pesquisando o meu nome no Google para ver se estavam falando [que era gay]. Esse foi meu erro. Não estava acostumado e ficava procurando chifre em cabeça de cavalo (risos) Na verdade, eu sempre fui um cara muito difícil. Nunca fui muito de me abrir com as outras pessoas”, desabafa.
O cantor também contou a publicação como perdeu a sua virgindade. “Foi em Campo Grande, eu tinha 16 anos de idade e ela, 14. E foi na escada de um prédio! Pensa num ‘trem’ desconfortável”, descreve ele, que ainda se gaba de ter saído com algumas das mulheres mais desejadas do país. Inclusive capas da Playboy. “Já fiquei com um monte de capas. Deixa eu ver aqui… Foram seis! Mas a culpa é de vocês, que só colocam as mulheres mais lindas do Brasil nas capas”, brincou.
Solteiro, ele não descarta viver um romance com uma fã, mas deixa claro que não gosta de mulher que se faz de difícil. “Acho que já fiquei com fã, sim (Risos). Mas falando sério, eu namorava com a Jade e terminei esses dias. E olha, vou te contar uma coisa: a maioria da fãs acha que vai se destacar se fazendo de difícil, não querendo ficar da primeira vez e tal. Mas é aí que não rola. Tem de ser de primeira né?”, dá a dica.
Assediado por fãs de todas as idades, Luan é relata que elas estão ainda mais ousadas. “Tem umas que dá até pra ver que são usadas. As fãs escrevem o nome, colocam o endereço do Instagram. o que eu mais ganho é calcinha e sutiã, até mais do que ursinho de pelúcia. Eu guardo todas, mesmo usadas. Tenho um aquário no meu escritório com umas 6 mil calcinhas, de todos os tamanhos. E também tem um galpão em Londrina onde guardo os outros presentes”, garante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo