Esportes

Lira diz que Vitória virou ‘time sub-50’ e critica contratação de Cláudio Tencati

O técnico Arnaldo Lira, do Atlético de Alagoinhas, não gostou nada da contratação de Claudio Tencati para comandar o Vitória. Para ele, os grandes clubes do estado não valorizam os profissionais do interior.

“Não é a toa que eu chego sempre nas finais, não é a toa que eu ganhei do Bahia, ganhei do Vitória. Mas eles não olham isso. O Vitória está acostumado a apanhar de mim, mas na hora de contratar um treinador, contrata um cara lá de Londrina que não tem o currículo que eu tenho. Mas leva o cara e eu tenho que dar pau nele mesmo”, disse em entrevista.

Campeão baiano em 2011 com o Bahia de Feira em cima do Vitória, Lira exaltou o fato de não ter perdido pelo para o Leão em 2019. Em um jogo-treino durante a pré-temporada, sua equipe venceu por 1 a 0 no Barradão. Depois, superou o rubro-negro por 2 a 1, também no Manoel Barradas, pelo Estadual.  Ele também fez críticas ao plantel rubro-negro.

“Toda vez que joga comigo é pau. Bota o sub-23, pau. Sub-50, pau. Porque agora é sub-50, né? Porque Neto Baiano é sub-50. Você ganha do sub-23, depois do sub-50, aí depois eles vão botar o sub-60. Dou pau neles tudinho. É brincadeira esse Vitória também. Com todo respeito, os caras foram grandes jogadores, mas como é que você vai fazer um time só com jogador com 36, 37 anos para disputar uma Série B? Pelo amor de Deus”, detonou.

Classificado para as semifinais do Campeonato Baiano, o Atlético de Alagoinhas encara o Bahia, nesta quinta-feira (21), às 19h15, na Arena Fonte Nova.

Leandro Aragão / Glauber Guerra / BN

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar