Política

Lídice evita cravar que Wagner se elegeria hoje governador e fala em ‘chapa que representa’ petista

A deputada federal e presidente estadual do PSB na Bahia, Lídice da Mata, não quis cravar que o senador Jaques Wagner (PT) se elegeria governador da Bahia se as eleições fossem hoje, mas disse que “a chapa que representa” o petista, na posição dele, vai ser eleita.

“Olha, é sempre difícil responder se a eleição fosse hoje. Se a eleição fosse hoje, o que estaria expresso é um quadro paralisado, é uma fotografia de um momento – que é muito pequeno. Porque se a eleição fosse hoje, já teria ocorrido antes da eleição pelo menos 30 ou 40 dias de debate político, de construções… Então, a minha posição sobre quem se elegeria hoje, é a mesma de quem se elegerá amanhã – que é a chapa que nesse momento representa a candidatura de Jaques Wagner”, opinou, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia.

Outro assunto abordado foi a situação do prefeito de Mundo Novo, dr. Adriano (PSB), que declarou apoio a ACM Neto. “Não, ainda não conversamos, mas já tenho marcado um encontro. Ele já pediu o contato e nós já marcamos na próxima semana, quando deveremos conversar”, pontuou.

Na época, o PSB-BA divulgou uma nota dizendo que o partido vai discutir as “providências devidas”. Em visita a Mundo Novo, a 294 km de Salvador, o ex-prefeito de Salvador recebeu apoio público do prefeito Dr. Adriano. “Mesmo fazendo parte de um partido da base do governador, hoje eu declaro meu apoio incondicional a nosso futuro governador ACM Neto”, disse o mandatário.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo