Cotidiano

Lídice diz que, mesmo com ajuste fiscal, governo tem que investir no Velho Chico

LIDICE - FORMALA senadora Lídice da Mata (PSB-BA) fez, nesta segunda-feira (1º), um alerta para a situação que passa o Rio São Francisco com as obras de transposição, iniciadas há sete anos e com atraso de pelo menos quatro. Nesta quarta-feira (3), serão realizados atos em favor do Rio em todo o Nordeste pela passagem do Dia Nacional em Defesa do São Francisco.

Ao citar reportagem feita pelo jornal O Estado de Minas, Lídice comparou o Velho Chico a um paciente agonizante em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com problemas como poluição e assoreamento, o rio agoniza em praticamente todos os estados por onde passa. Recentemente, uma mancha escura surgiu em trechos da Bahia e Sergipe, comprometendo o abastecimento em algumas regiões. Para a senadora, o governo federal tem que – mesmo com ajuste fiscal – viabilizar recursos para a recuperação do Velho Chico. “É preciso entender que o São Francisco é prioridade. Não dá para empurrar esse problema com a barriga. A situação é desesperadora”, disse a socialista. Lídice é autora do Projeto de Lei do Senado (PLS) 86/2015, que institui normas para a revitalização da bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Um dos itens é a criação de um fundo para a recuperação do Velho Chico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo