Cotidiano

Lídice defende mudanças no sistema político eleitoral

LIDICE DA MATA - FORMALEm pronunciamento no Plenário do Congresso Nacional nesta terça-feira (24), a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) defendeu que ​ocorram mudanças no sistema político eleitoral brasileiro. Para a parlamentar baiana, a reforma política demonstra ser necessária ​e urgente porque o atual sistema encontra-se exaurido. “O financiamento de campanha não pode continuar do jeito que está. ​Essa tem sido a principal motivação, digamos assim, dos grandes escândalos nacionais”, afirmou. De acordo com a senadora, os tribunais eleitorais não conseguem identificar esse abuso do poder econômico, porque não há regra que defina que isso é abuso [do poder econômico]. “Isso afasta as pessoas comuns da política. Para se ter uma ideia, a população brasileira não é formada na sua maioria por empresários, disse, ao fazer um comparativo da representação da sociedade no Parlamento. Lídice lembrou ainda que enquanto 51% das brasileiras estão aptas a votar, apenas 12% das parlamentares são do sexo feminino.“Desde a Constituinte de 88, estamos crescendo ​de modo homeopático. É preciso enfrentar essa discussão, definindo, claramente, uma política de cotas. Quando nós queremos discutir financiamento de campanha, queremos discutir porque as mulheres não têm acesso sequer aos financiadores”, contou. A senadora também criticou o pouco espaço destinado às mulheres no Fundo Partidário (10%) e o tempo de TV na propaganda política partidária (5%). “Então, é preciso discutir para valer​. E o Congresso Nacional, se quiser fazer uma reforma política que, realmente, represente a sociedade brasileira, tem que colocar o dedo na ferida”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar