Cotidiano

Lewis Hamilton critica o Vaticano em relação ao casamento gay: ‘Amor é amor’

O piloto inglês Lewis Hamilton criticou a Igreja Católica por dizer que não pode abençoar casais do mesmo sexo. O heptacampeão mundial de Fórmula 1 compartilhou nesta quinta-feira (18) uma publicação do cantor Elton John, que atacava o Vaticano pelo posicionamento. 

“Sou solidário ao Elton John e à comunidade LGBTQ+ nessa causa. Isso é inaceitável para os dias atuais, ninguém pode ser vítima de preconceito ou discriminação por amar alguém, especialmente em nome de Deus, que sempre pregou a igualdade. É muito triste saber que muitos terão que optar entre as suas preferências e a sua fé, e eu gostaria de dizer a esses seguidores que estou com vocês, que eu sei da dor de vocês e vou estar aqui para apoiá-los. Amor é amor, nunca diga a ninguém que ele é diferente”, escreveu.

Na última segunda (15), o Vaticano declarou que, com base na doutrina do catolicismo, a homossexualidade é um pecado e que os padres não poderiam abençoar a união de pessoas do mesmo sexo. Antes de Hamilton, Elton John havia se manifestado contrário a essa afirmação. Também pelas redes sociais, o cantor e compositor britânico, de 73 anos, questionou se a Igreja Católica poderia se recusar a abençoar os casamentos gays tendo lucrado por ter investido no filme “Rocketman”, lançado em 2019. A produção contava a história da sua vida incluindo o casamento com David Furnish em 2014.

Nos últimos anos Lewis Hamilton tem se destacado pelas posições políticas sobre temas importantes, dentre elas luta antirracista.

Piloto da Mercedes, Hamilton se prepara para a disputa de mais uma temporada de F1. A estreia do Campeonato Mundial 2021 será no Grande Prêmio do Bahrein marcado para o próximo dia 28.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo