Esportes

Laudos comprovam fraude do Inter no caso Victor Ramos, diz STJD

Através de seu site oficial, o STJD informou que os laudos realizados nos documentos utilizados pelo Inter no ‘Caso Victor Ramos’ comprovam adulteração. O vice jurídico do clube e o ex-presidente Vitório Píffero não estiveram presentes para se manifestar na sede da entidade, nesta quinta-feira (30). Uma nova data será marcada para as explicações.

“As oitivas foram agendadas para a data de hoje após Mauro Marcelo ter finalizado a parte investigativa do inquérito e recebido os laudos/pareceres elaborados por peritos de São Paulo e Rio de Janeiro, que comprovaram a falsificação de parte dos e-mails inseridos em processos de interesse do Inter, tais como adulterações de: “forma e conteúdo, subtração de palavras, textos, nomes e frases, além de inserção indevida de palavras, letras e assinaturas, modificações essas de conteúdo capazes de descaracterizar o seu sentido original””, diz trecho da nota publicada no site oficial da entidade.

 

A denúncia de documentos falsos foi encaminhada pela CBF e aceita pelo STJD, que analisa a situação. Sem a presença do vice jurídico Gustavo Juchem e do ex-presidente Vitório Píffero, que alegaram problemas de saúde e compromissos particulares para não se manifestarem nesta quinta, uma nova data será marcada.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo