Esportes

Kieza acumula mais de um ano no departamento médico do Náutico desde 2020

A terceira passagem de Kieza pelo Náutico, que começou em 2020, tem dois lados da moeda. De positivo, o atacante conquistou o Campeonato Pernambucano duas vezes. Porém, segundo o site ge.globo, ele tem inscrito um capítulo recheado de lesões e desde o retorno ao Timbu, acumula mais um de ano no departamento médico.

Em 2020, Kieza teve três lesões, uma de grau 3 no tornozelo e outras duas musculares na coxa, ficando de molho por um mês em cada uma. No ano passado, ele sofreu uma das piores contusões da carreira ao romper o tendão de Aquiles ficando afastado dos gramados por sete meses. Na atual temporada, o atacante permaneceu em campo por apenas 564 minutos, participando de somente oito dos 35 compromissos do Timbu até o momento. A última vez que atuou numa partida foi no dia 21 de abril, na derrota para o Retrô por 1 a 0, pelo jogo de ida da final do estadual. Desde então, ele vem fazendo um trabalho de fortalecimento muscular, ainda reflexo da lesão na coxa, que sofreu em fevereiro e passou dois meses se recuperando.

A primeira passagem de Kieza pelo Náutico foi em 2011, a segunda aconteceu entre 2012 e 2013. O atacante ainda defendeu o Bahia entre 2014 e 2015, e o Vitória, entre 2016 e 2018.

Existe a expectativa de Kieza voltar a ser relacionado para o clássico contra o Sport, pela 13ª rodada da Série B. A partida está marcada para o próximo sábado (18), às 18h30, nos Aflitos. O Timbu abre a zona de rebaixamento ocupando o 17º lugar com 12 pontos, mesma pontuação da Ponte Preta, que está fora da degola em 16º, por ter melhor saldo de gols. Enquanto o Leão pernambucano é o quarto com 18.

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo