Cotidiano

Justiça suspende desapropriação do Parque de Exposições de Amargosa

Em decisão do desembargador Roberto Maynard Frank, na 4ª câmara civel proferida na última terça-feira (25), foi em desfavor da Desapropriação do Parque de Exposições Jorge Sales em Amargosa. 

Após ter sido deferida imissão provisória na posse em favor do município de Amargosa sobre o Parque de Exposições Jorge Sales, a COAMAR, através do seu jurídico, capitaneado pelos advogados Fernando Vaz e Diego Lomanto, buscou o Tribunal de Justiça para reformar a decisão do Juiz da Comarca de Amargosa.

Por decisão de Desembargador do TJ-BA, foi suspensa a imissão da posse e manutenção integral dos direitos de posse e propriedade para a COAMAR, revertendo, portanto o processo de desapropriação em curso. 

A decisão vem para acalmar o coração dos associados da COAMAR e toda a população que valora, como equipamento de relevância para a história e cultura de Amargosa, o Parque de Exposições Jorge Sales.

Outro Olhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo