Notícias

Justiça do Trabalho determina readmissão dos 850 funcionários da Webjet demitidos pela GOL

A Justiça do Trabalho no Rio de Janeiro declarou a nulidade das 850 demissões de funcionários da WebJet anunciadas pela Gol em 23 de novembro e determinou a reintegração dos trabalhadores. A decisão foi dada em liminar pelo juízo da 23ª Vara do Trabalho em ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ). A Gol deverá comprovar o cumprimento da liminar em audiência marcada para o próximo dia 18 de dezembro sob pena de multa diária de R$ 20 mil por trabalhador que não for reintegrado. Procurada, a companhia aérea informou que não irá se pronunciar sobre a decisão porque não recebeu até o momento nenhuma notificação oficial. Após decretar o fim da Webjet, adquirida em julho do ano passado, a empresa anunciou a demissão de 850 dos 1,5 mil funcionários. Os voos da companhia foram interrompidos na noite de quarta-feira e os clientes passaram a ser atendidos pelos voos da Gol.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar