Cotidiano

Justiça do Rio de Janeiro arquiva processo contra Felipe Neto por corrupção de menores

Acatando recomendação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), a Justiça do Rio arquivou, nesta quarta-feira (2), um processo contra o youtuber Felipe Neto por corrupção de menores. De acordo com informações do Uol, a decisão é da juíza Daniella Alvarez Prado, da 35ª Vara Criminal.

Em maio deste ano o MP-RJ já havia pedido o arquivamento por considerar que não há elementos que configurem o crime apontado pela Polícia Civil. Neste caso em questão, o influenciador digital foi indiciado pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática do Rio (DRCI) em novembro de 2020, sob alegação de que Felipe Neto não limitou a classificação etário de vídeos com conteúdo inadequado a menores. 

Segundo o Uol, no parecer, o promotor Alexandre Themistocles, da 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada, afirma que “Não há nenhum elemento a autorizar o reconhecimento de que o investigado tenha agido para satisfazer a própria lascívia. Não há notícia da existência de qualquer vítima”. Ele acrescenta ainda que foi celebrado um “compromisso de ajustamento de conduta” com a Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Infância e Juventude para a correta classificação etária dos vídeos do youtuber apontados como provas do crime.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo