Cidades

Justiça determina que verba publicitária do governo deve pagar remédio de paciente

MARTELO - JUSTIÇA
A Justiça baiana determinou o bloqueio de verba pública para publicidade do governo estadual para que este dinheiro seja usado na compra de um ano de um medicamento para uma paciente da cidade de Irecê, no interior baiano. A decisão aconteceu deois de descumprimento de medida liminar pedida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA). Segundo a promotora Mirella Brito, o remédio Azacitidina é essencial para o tratamento da paciente, que está em acompanhamento oncohematológico desde maio de 2014, quando foi diagnosticada com síndrome mielosdiplasica com alta chance de progressão para leucemia aguda. Em dezembro do ano passado, o promotor Saulo Murilo de Oliveira Mattos ajuizou uma ação civil pública com pedido de liminar para garantir o medicamento da paciente. A Justiça aceitou o pedido. No entanto, mesmo depois disso a decisão não foi cumprida e vem contribuindo para agravamento da saúda da paciente, que não tem condição de comprar o remédio. Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo