Cotidiano

Justiça decreta prisão de Giba por falta de pagamento de pensão alimentícia

A Justiça do Paraná voltou a decretar a prisão do ex-jogador da seleção brasileira de vôlei Giba por falta de pagamento de pensão alimentícia para os dois filhos.

Eles são fruto do relacionamento de Giba com a também ex-jogadora Cristina Pirv.

Pirv, que é a representante legal dos dois filhos, reclama que Giba deve cerca de R$ 300 mil, o que convenceu a juíza da 7ª Vara de Família do estado do Paraná a decretar a prisão do ex-jogador.

Em 2018, a Justiça também decretou a prisão de Giba, mas na época ele conseguiu uma liminar para suspender a decisão até a realização de uma audiência. Na ocasião a dívida era de cerca de R$ 82 mil.

Varelanoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo