Sem categoria

Júri simulado julgará primeiro serial killer brasileiro na próxima quinta-feira

O Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) promoverá na quinta-feira (20/9) o julgamento póstumo do primeiro serial Killer do Brasil, na Faculdade de Direito da USP, com um júri simulado. José Augusto de Amaral foi acusado de diversos crimes hediondos e era conhecido como Preto Amaral. Ele morreu em 1927, antes de ser julgado. O advogado Antônio Claudio Mariz de Oliveira, ao lado do defensor público Renato Campos Pinto de Vitto farão a defesa do réu. A acusação será feita pelo promotor de Justiça Carlos Roberto Marangoni Talarico e o criminalista Augusto de Arruda Botelho Neto, assistente de acusação.  Preto Amaral será representado por um ator da Companhia de Teatro Pessoal do Faroeste. A decisão será proferida pelo juiz de Direito José Henrique Rodrigues Torres. O evento está marcado para as 18h30, no salão nobre da Faculdade de Direito da USP, no largo São Francisco, em São Paulo. A entrada é franca. Informações do Conjur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo