Esportes

Jorge Jesus vê ‘grande confusão’ para contratar no Brasil: ’20 ou 30 pessoas que mandam mais que presidente’

Nem mesmo a vinda de Luís Filipe Vieira ao Brasil foi capaz de destravar a negociação por Lucas Verissimo. Após melhorar a proposta pelo jogador, o presidente do Benfica deverá buscar outras opões no mercado para reforçar a defesa após a negativa feita pelo Conselho Fiscal do Santos à nova oferta dos Encarnados pelo zagueiro.

O órgão deu parecer desfavorável à transferência. Com isso, o Conselho Deliberativo sequer levou a votação sobre uma possível venda do jogador.

A chegada do zagueiro ao Benfica chegou até a ser tratada como ‘avançada’ por Jorge Jesus em Portugal. O treinador é admirador antigo do futebol do zagueiro, e tinha o defensor como uma das prioridades para o mercado.

Mesmo sem cravar o fim das negociações pelo zagueiro, o treinador admitiu que não sabe como estão as conversas entre os clubes para contar com Lucas Veríssimo para 2021.

“Não sei como é que isso está. No Brasil é muito complicado contratar jogadores. Há um presidente, depois cada clube tem um comitê com 20 ou 30 pessoas que mandam mais que o presidente. É uma grande confusão. Por isso, não sei o que vai acontecer”, disse o treinador.

Espn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo