Sem categoria

João Paulo Cunha critica Barbosa e diz que pensou em cometer suicídio

O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) disse que pensou em se matar quando ficou claro que seria condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão. “Todo mundo pensa como saída a morte”, relatou em entrevista ao programa Poder e Política, da Folha e UOL. O petista afirmou que se considera injustiçado e contou também que chorou muitas vezes após receber a pena de nove anos e quatro meses de prisão. Cunha ainda criticou o relator do processo, o ministro Joaquim Barbosa, e declarou ter confiança na possibilidade de reduzir a pena na fase dos recursos do julgamento. “O ministro Joaquim Barbosa, no meu caso, não é que ele não teve prova. Eu produzi prova que me absolvia. E ele foi contra as provas. A ponto de, nos últimos dias, não só ter ido contra as provas, como tem sido irresponsável. De ter dito coisas, que não estão nos autos, da sua boca. O juiz não pode dizer quando não tem prova”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo