Cidades

Jequié: em protesto deputados Antonio Brito e Roberto Brito são lembrados com fotos em caixão

11141771_853730774681869_6370966847391853621_n-400x266Trabalhadores de várias categorias, professores (município e estado), bancários e da saúde estadual, suspenderam as suas atividades na manhã desta quarta-feira (15/4) em Jequié e, se juntaram a dirigentes de sindicatos de várias categorias, em mobilização contrária à aprovação do Projeto de Lei 4330, da Terceirização, que se encontra em discussão na Câmara dos Deputados.


Os manifestantes também citaram nominalmente e criticaram os parlamentares baianos que aprovaram na semana passada o texto do projeto. Dois dos deputados federais votados em Jequié foram alvos de críticas simbolizadas com as fotografias colocadas em caixões, como forma de protestos dos trabalhadores contra os deputados Antonio Brito (PTB)  e Roberto Brito (PP).20150415104214-400x300
 
Segundo o Blog Jequié Repórter, a manifestação percorreu várias ruas, transitou pelo Centro de Abastecimento Vicente Grillo e, posteriormente se dirigiu ao centro da cidade, onde foram feitos pronunciamentos. Os manifestantes também se posicionaram em frente às agências bancárias.


Servidores da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), lotados na Base Regional de Saúde (antiga 13ª Dires), aderiram ao movimento contra a aprovação do projeto de lei da Terceirização e se mantiveram reunidos em frente á sede do órgão protestando também sobre temas que inquietam a categoria, nos 100 primeiros dias do governo Rui Costa. Além das queixas ainda presentes com relação a extinção das Dires, os servidores reclamaram do não posicionamento do governo em relação ao reajuste salarial dos trabalhadores, a redução da jornada de trabalho e a retirada da insalubridade dos salários do pessoal que atua no setor administrativo, dentre outros itens. (Itiruçu Online)
 
Veja também
Edvaldo Brito não descarta ida para a base de ACM Neto
Feira de Santana: quatro pessoas são mortas em chacina, no distrito de Humildes
Churrasco e cerveja gelada estão entre regalias de presos na Lemos de Britto, diz sindicato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo