Cotidiano

Japão cria ‘navio eólico’ para captar energia elétrica em alto-mar

As empresas japonesas PowerX e Imabari Shipbuilding se uniram na construção de um navio para captar energia elétrica em alto-mar. Segundo a PowerX, o primeiro protótipo, que já está em desenvolvimento, deve ficar pronto até 2025.

A ideia do projeto é captar esse tipo de energia através das pás eólicas da embarcação. Por meio do movimento das lâminas, causado pela força do vento que sopra em alto-mar, serão criados parques eólicos offshore ambulantes. A força das águas pode ser quase o dobro da registrada em terra firme.

A energia elétrica limpa será guardada em células especiais e, através de cabos submarinos, chegará a 22 mil residências japonesas. Para fazer essa captação com o uso das pás, que só precisam de 60 metros de profundidade para ficar firmes, será necessária apenas uma viagem.

Criado pelas duas empresas japonesas, o primeiro protótipo receberá um investimento de US$ 8,8 milhões. A embarcação terá três cascos, medindo 100 metros de comprimento, e será movida por um motor elétrico com autonomia de 300 quilômetros.

“A concretização de uma sociedade descarbonizada é uma questão importante que as indústrias de construção naval e marítima devem enfrentar”, disse Yukito Higaki, presidente da Imabari.

Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo