BrasilGeral

Investigação que mira Michelle Bolsonaro em caso de empréstimos é arquivada pela Procuradoria

O processo que investigava a primeira-dama Michelle Bolsonaro por ser beneficiada em empréstimos da Caixa Econômica Federal foi arquivado pela Procuradoria da República do Distrito Federal.

O processo foi arquivado na terça-feira (25). Michelle era acusada de usar sua influência para conseguir empréstimos facilitados para amigos.

Ao Ministério Público Federal (MPF), a Caixa enviou ofício negando favorecimento de pessoas próximas ao presidente da República Jair Bolsonaro (PL).

Uma reportagem da revista Crusoé publicada em 2021 implicava tanto Michelle quanto o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, já que a primeira-dama supostamente tratou do tema pessoalmente com ele. O abuso de influência teria acontecido, segundo a reportagem, durante a pandemia da Covid-19.

Em outubro, a Procuradoria da República do DF confirmou que a investigação correria por lá. O MPF, no entanto, explicou que o tema seria apurado dentro do inquérito que já analisava as irregularidades na Caixa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo