Entretenimento

Integrante do ‘Art Popular’, Leandro Lehart é condenado por estupro e cárcere privado

O cantor Leandro Lehart, integrante do grupo “Art Popular”, foi condenado a 9 anos e 7 meses de prisão por estuprado e mantido em cárcere privado uma mulher em outubro de 2019. De acordo com informações do “G1”. 

“Condeno o réu Paulo Leandro Fernandes Soares pelos crimes de estupro e cárcere privado, previstos nos arts. 213, caput, e 148, § 2º, do CP, à pena de 9 anos, 7 meses e 6 dias de reclusão e 24 dias-multa, em regime inicial fechado, nos termos da fundamentação supra. Condeno o réu ao pagamento das custas processuais. O réu poderá apelar em liberdade”, diz sentença publicada na última terça feira (13) e previa do regime inicial fechado. 

Na tarde desta sexta-feira (16), Leandro, que ainda pode recorrer em liberdade, usou as redes sociais para se pronunciar sobre a sentença. 

“A defesa técnica de Leandro Lehart, em atenção aos pedidos da imprensa por comentários, informa que o caso corre em segredo de Justiça e ainda pende de decisão final, o que impede maiores considerações quanto aos fatos. De toda sorte, Leandro e seus advogados seguem confiantes no Poder Judiciário e que a verdade prevalecerá, com sua consequente absolvição”. 

Bahia.ba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios