BrasilCidadesGeral

Instituto ironiza demissão de Decotelli do MEC: ‘Já poderá colocar no currículo’

Após o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, entregar o pedido de demissão ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o Instituto Liberal de São Paulo (Ilisp) ironizou o ocorrido nas redes sociais. Decotelli deixa o cargo após cinco dias chefiando a pasta.

Envolvido em polêmicas devido as informações falsas contidas no currículo, o Ilisp ironizou a saída de Decotelli. “Já poderá colocar no currículo ‘Ministro da Educação – 2020”.

Nesta terça-feira (30), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) negou que Decotelli tenha feito parte do quadro efetivo de professores da instituição. O ex-ministro cita 18 vezes o cargo de professor da FGV no currículo.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar