Saúde

Hormônio produzido no pulmão pode impedir agravamento do coronavírus, diz estudo

Estudos de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), identificaram que o hormônio melatonina produzido pelo pulmão pode ser capaz de impedir o agravamento da Covid-19 no órgão.

A pesquisa, agora, tem o objetivo de compreender se uma suplementação do hormônio, através da via nasal, poderá prevenir infecções graves pelo novo coronavírus.

Se os estudos forem comprovados, a melatonina poderá ser usada no controle de outras doenças respiratórias, como a Influenza.


Popularmente conhecido como hormônio do sono, a melatonina também é produzida por outros órgãos do corpo humano, um deles é o pulmão.

O nível de produção de melatonina no pulmão dos pacientes pode justificar, também, a diferença do comportamento da doença entre os que testam positivo com a Covid-19.

O estudo clínico está em desenvolvimento e não há, portanto, qualquer indicação da melatonina no tratamento do novo coronavírus. (ATarde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo