Cotidiano

Homofóbico, pastor é encontrado em aplicativo de namoro para gays

PASTOR - HOMOFOBICOUm pastor americano que declarou ser contra o casamento homafetivo e comparou a homossexualidade ao alcoolismo foi flagrado em um aplicativo de relacionamentos voltado para o público gay. O reverendo Matthew Makela, casado e pai de cinco filhos, demitiu-se do cargo que tinha na igreja depois das fotos aparecerem nas redes sociais. Apesar da demissão, ele confirmou que realmente estava no aplicativo. No bojo das afirmações homofóbicas, Makela disse, certa vez, que o casamento entre heterossexuais é o “matrimônio natural”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo