GeralMundo

Homem reinfectado por duas estirpes diferentes morre em Israel

Israel confirmou, pela primeira vez, a morte de um homem que foi reinfectado pelo SARS-CoV-2. Três meses após ter sido contagiado a primeira vez pelo novo coronavírus, o homem voltou a ser infectado, mas desta vez por uma nova variante do vírus.

O caso foi confirmado peloCentro Médico Sheba, perto de TelAviv, reporta a Europa Press.

Trata-se de um homem de 74 anos, que residia num lar de idosos e que contraiu o vírus pela primeira vez em agosto. Após três testes da Covid-19, foi dado como recuperado, mas em novembro voltou a apresentar sintomas da doença, tendo sido hospitalizado, reporta o The Times of Israel. Acabou morrendo no mesmo dia.

“Este é um dos casos em que é claro que se trata de umareinfecção e em que não há dúvidas de que o paciente tinha recuperado por completo da primeira infecção”, afirmou o responsável pela unidade de Doenças Infecciosas do Centro Médico de Sheba. “São duas estirpes do vírus completamente diferentes”, acrescentouGalia Rahav.

“Não sei quão comum é [esta situação]. Não sabemos, mas é preocupante”, admitiu, levantando questões sobre qual será o papel da vacina nestes casos. Especialistas garantem que as vacinas são eficazes contra as variantes do novo coronavírus.

O incidente surge numa altura em que aumentam as preocupações na Europa, apóster sido identificada uma nova estirpe do vírus em vários países.

Noticiasaominuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo